18 de set de 2009

Arte

Bernardo Soares, uma das muitas pessoas contidas em Fernando Pessoa, com sua sensibilidade ímpar descreve, ao menos ao meu ver, perfeitamente o que é a arte. Aaah... é mais um daqueles textos em que tenho a impressão de ler a mim própria, dada a afinidade com o escrito.
Eis, pois, a verdadeira razão pela qual somos, todos nós, e irremediavelmente, súditos da arte.

A arte livra-nos ilusoriamente da sordidez de sermos. Enquanto sentimos os
males e as injúrias de Hamlet, príncipe da Dinamarca, não sentimos os nossos —
vis porque são nossos e vis porque são vis.
O amor, o sono, as drogas e intoxicantes, são formas elementares da arte, ou, antes, de produzir o mesmo efeito que ela. Mas amor, sono, e drogas tem cada um a sua desilusão. O amor farta ou desilude. Do sono desperta-se, e, quando se dormiu, não se viveu. As drogas pagam-se com a ruína de aquele mesmo físico que serviram de estimular.
Mas na arte não há desilusão porque a ilusão foi admitida desde o princípio. Da
arte não há despertar, porque nela não dormimos, embora sonhássemos. Na arte não há tributo ou multa que paguemos por ter gozado dela.
O prazer que ela nos oferece, como em certo modo não é nosso, não temos nós que pagá-lo ou que arrepender-nos dele.
Por arte entende-se tudo que nos delicia sem que seja nosso — o rasto da passagem, o sorriso dado a outrem, o poente, o poema, o universo objectivo.
Possuir é perder. Sentir sem possuir é guardar, porque é extrair de uma coisa a sua essência. (Bernardo Soares)

2 comentários:

  1. maaaaaaaah.....nossa! nem sei oq dizer...Até então eu achava impossivel exprimir a arte em palavras (bobeira minha porque palavras tambem são arte)e Fernando Pessoa conseguiu com a arte das plavras que só ele tem exprimir a arte em palavras!

    OO'
    choquei!
    rsrsrsrrsrsrsrsrsrs

    bjoooooooooooo's plenitudianos!

    ResponderExcluir
  2. Neste post prefiro não comentar muito. Ainda num cosegui verdadeiramente sacar a profundidade de todo o texto. Lindo!!!!
    Beijos plenitudianos.

    ResponderExcluir

Tuas palavras são mundos!

Related Posts with Thumbnails