21 de mai de 2009

Tintim por tintim

Oi pessoal!

Hoje sem muitas enrolações, vamos aos acontecimentos, meticulosamente registrados, desse fim de semana.

16 de maio, sábado.
Assim que terminamos o nosso aquecimento, começamos os ensaios das peças:

Cultura de quinta
Começamos lendo parte do texto da nossa próxima cultura de quinta, Comedor de Pecados, sem a distribuição dos personagens, servindo esta leitura apenas para que pudéssemos conhecer a história. Após a leitura, instigados pelo diretor, tentamos desvendar algumas passagens do texto, com pouco sucesso nessa etapa, partimos para um exercício que nos ajudaria a entender melhor a situação vivenciada pelas personagens. Nesse exercício, cada um de nós, que convivíamos juntos, possuíamos um terrível segredo... como agiríamos/reagiríamos? Feito o exercício, foram distribuídos os personagens e realizada nova leitura, dessa vez com cada ator lendo o texto correspondente ao seu devido personagem. Em seguida começaram as marcações, ainda com os textos em mãos.

O Capeta de Caruaru
Repassamos as marcações que já haviam sido feitas no último ensaio e, depois, fizemos as marcações do restante do prólogo (que já deveria estar decorado). Ao final, foram distribuídos os personagens da Cena 1.

O Chapeuzinho Vermelho
Foi repassada a marcação do início da peça, que já havia sido feita no sábado anterior. A seguir, continuou-se fazendo a marcação.

-------
17 de maio, domingo.
Para começar, após o aquecimento, nós nos sentamos em círculo e o Fernando disse o que precisa ser melhorado/observado/mantido em cada um de os, atores, para que possamos continuar crescendo na arte. É sempre bom ter uma “resposta” de alguém que nos acompanha, pois isso ajuda no desenvolvimento da nossa “consciência artística”, se assim posso dizer.
Depois, foi distribuída mais uma parte do texto da cultura de quinta, que foi lido atentamente por cada ator. A seguir, tentamos, uma vez mais, refletir sobre a situação da peça, sempre instigados pelo diretor. Começamos, então, as marcações dessa nova parte de acabávamos de receber. Passamos, depois disso, a peça, desde o começo, por várias vezes, descobrindo coisas novas a cada vez, já que as repetições eram sempre permeadas por explicações do diretor aliadas às descobertas dos próprios atores. O ensaio foi intenso e o resultado foi bom!
Quanto ao Chapeuzinho Vermelho, novas cenas foram marcadas no final do domingo.
Assim encerramos nosso fimd e semana teatral!

Até o próximo post, então!
;D

Um comentário:

  1. E como andam rendendo estes ensaios não pessoal, obrigado por todo este crescimento. E muito mais coisas acontecerão. Cada vez e sempre mais forte.

    ResponderExcluir

Tuas palavras são mundos!

Related Posts with Thumbnails